segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Mês da Educação e da Ciência 2017


Grandes temas em debate por especialistas nacionais e internacionais: Nuccio Ordine, filósofo italiano, traz-nos uma reflexão sobre a importância dos saberes inúteis na formação dos alunos; Sir Martin Rees fala sobre o papel da Ciência no século XXI e Sarah-Jayne Blakemore (https://ffms.pt/conferencias/detalhe/2329/o-cerebro-adolescente) desvenda os mistérios do cérebro adolescente. Conheça o programa completo e reserve já o seu lugar!
Site:

Sessão de Lançamento da Campanha Regresso às Aulas 2017: Promoção da Segurança e Saúde no Trabalho em Meio Escolar


Sessão de Lançamento da Campanha Regresso às Aulas 2017: Promoção da Segurança e Saúde no Trabalho em Meio Escolar 

Data
03 de outubro

Local
Pavilhão do Conhecimento, Parque das Nações 

A Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) está a promover novamente no “Regresso às Aulas” a Campanha “Promoção da Segurança e Saúde no Trabalho em Meio Escolar”, a qual decorrerá entre os meses de outubro a dezembro.
A sessão de lançamento acontece em Lisboa, no dia 3 de outubro, e as inscrições estão a decorrer.
SABER  mais: http://www.act.gov.pt/

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Meditação para Crianças



Ou

https://soundcloud.com/mindmattersmagazine/meditacao-para-criancas-mole-como-um-espaguetti-1

E também http://mindmattersmagazine.pt/ (como meditar com crianças)

Semana ALV 2017 - Inscrições abertas


Semana ALV 2017 - Inscrições abertas para a Semana Aprender ao Longo da Vida (20-24 novembro)
A Semana Aprender ao Longo da Vida (Semana ALV) é uma iniciativa que irá decorrer de 20 a 24 de novembro, tendo como temática a educação de adultos num mundo digital e é dinamizada pela associação O Direito de Aprender, em parceria com a Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional (ANQEP).
 
Será composta por um conjunto de ações que visam contribuir para o debate, reflexão e partilha de conhecimento em diferentes domínios afetos a políticas e práticas de ALV em Portugal. É pretendido estimular iniciativas a nível local que promovam a ALV e que ajudem a ultrapassar as fronteiras entre os diferentes tipos de aprendizagem (formal, não formal e informal).
 
As inscrições para participação nas atividades locais da Semana ALV estão a decorrer.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

ACTUALIZAÇÃO DAS VAGAS PARA A 2.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO 2017


A lista de vagas do concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior Publico foi actualizada a 19 de setembro. de 2017. 
Na sequência desta actualização, abriram 9 lugares para o curso de Medicina.
Consultar aqui o edital:http://www.dges.mctes.pt/coloc/2017/edital2f.pdf

Retirado de: http://www.dges.gov.pt/landing/index.html

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

2.º Congresso Internacional da Criança e do Adolescente


ICCA 2018 – 2.º Congresso Internacional da Criança e do Adolescente – Abertura de inscrições e submissão de resumos até 30 de setembro
A 2ª. edição do Congresso Internacional sobre a Criança e o Adolescente terá lugar de 25 a 27 de janeiro de 2018, em Lisboa, sob a organização da Secção de Pediatria Social da Sociedade Portuguesa de Pediatria. 
O ICCA foi idealizado com o objetivo de promover o debate sobre questões sociais da infância e adolescência, num formato único e inovador - fora da academia, fora do hospital, fora do consultório, longe da escola e dos órgãos políticos e administrativos. 
As inscrições encontram-se a decorrer e até ao dia 30 de setembro poderão ser submetidos resumos.

LIVRO: Dificuldades de aprendizagem de A a Z



Dificuldades de aprendizagem de A a Z : um guia completo para pais e educadores 
Autor Corinne Smith e Lisa Strick
Edição de 2007

Descobre como podes efetivar os teus direitos



Conhece o artigo 70.º da Constituição em três ideias-chave!

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Ciclo de Encontros - Regime Legal da Inclusão Escolar


No  âmbito da consulta Pública do Regime Legal da Inclusão Escolar, promove a Direção-Geral da Educação,  um Ciclo de Encontros, entre os dias 25 e 29 de setembro, em Vila Nova de Gaia, Coimbra e Lisboa. As inscrições decorrem até dia 22 de setembro para os encontros a realizar em Olival e em Coimbra e até dia 28 de setembro em Lisboa.
Mais informação e inscrições em: http://dge.mec.pt/noticias/

PESQUISA DE BOLSAS


segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania



CIDADANIA E DESENVOLVIMENTO ESTREIA EM 235 ESCOLAS PARA PROMOVER UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA E INCLUSIVA
A disciplina de Cidadania e Desenvolvimento começa este ano letivo, de 2017-18, a ser lecionada em 235 do País com o objetivo de promover uma sociedade mais justa e inclusiva através da educação.
«Este é um projeto-piloto que serve para nos preparar para os próximos anos», afirmou o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, acrescentando que a nova disciplina «vem formalizar muitas das práticas que já aconteciam nas escolas e que agora ficam regulamentadas, acabando por acontecer com outra robustez».
Estas declarações foram feitas na escola secundária Quinta das Palmeiras, na Covilhã, na apresentação da Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania,  ( (AQUI) em se insere a disciplina Cidadania e Desenvolvimento. 
«A preparação dos cidadãos mais novos para a cidadania é urgente», sublinhou o Ministro, referindo que «o desígnio inequívoco de formar cidadãos que preservem e possam construir um Portugal cada vez mais democrático e inclusivo, e por isso mais sustentável».
Uma sociedade mais participativa e solidária
O Ministro Adjunto lembrou que, com este programa, «estamos a dar mais um passo no caminho para uma sociedade mais feliz, de um país mais inclusivo, de uma sociedade mais participativa e mais solidária».
Eduardo Cabrita realçou ainda o facto de esta iniciativa ter sido apresentada numa escola duma cidade do Interior do País, «onde a excelência também tem lugar».
A escola secundária da Quinta das Palmeiras avança, desde já, com o ensino da Cidadania e Desenvolvimento, que fica inscrita na área da Ciências Sociais e Humanas, tal como as outras escolas que integram o projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular.
Estrutura da nova disciplina
Na fase-piloto, a disciplina Cidadania e Desenvolvimento abrangerá os anos iniciais de cada ciclo de ensino, ou seja, 1.º, 5.º, 7.º e 10.º. A partir do ano letivo 2018-19, o objetivo é alargar a disciplina Cidadania e Desenvolvimento a todo o País.
No primeiro ciclo, a disciplina tem uma natureza transdisciplinar, no segundo e terceiro ciclos Cidadania e Desenvolvimento será autonomizada e com avaliação, como qualquer unidade curricular.
Em termos curriculares, o ensino de Cidadania e Desenvolvimento será organizado por três grupos: o primeiro é obrigatório para todos os níveis e ciclos de escolaridade, tratando de temas como direitos humanos, igualdade de género, interculturalidade, desenvolvimento sustentável, educação ambiental ou saúde.
O segundo grupo deverá abranger pelo menos dois ciclos do ensino básico, tratando de temas como os media, instituições e participação democrática, literacia financeira, educação para o consumo, sexualidade e segurança rodoviária.
O terceiro grupo tem aplicação opcional em qualquer ano de escolaridade, abordando as temáticas do empreendedorismo, mercado de trabalho, risco, segurança, defesa e paz, bem-estar animal e voluntariado.
Na apresentação da nova disciplina estiveram também presentes os Secretários de Estado para a Cidadania e Igualdade, Catarina Marcelino, e da Educação, João Costa.

Foto: Ministros da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e Adjunto, Eduardo Cabrita, e Secretários de Estado da Educação, João Costa, e para a Cidadania e Igualdade, Catarina Marcelino, na apresentação da disciplina Cidadania e Desenvolvimento, na escola da Quinta das Palmeiras, Covilhã, 15 setembro 2017



sábado, 16 de setembro de 2017

Education at a Glance 2017 (sumário em Português)

Indicadores de Portugal:
http://www.keepeek.com/


Indicadores geraishttp://www.oecd-ilibrary.org








O 'Education at a Glance 2017' realça a eficácia do ensino profissional para a conclusão do 12º ano, apesar de metade dos alunos que frequentam o ensino secundário reprovar pelo menos uma vez.  
Continuar a ler: https://www.poch.portugal2020.pt/