domingo, 26 de fevereiro de 2017

Programa "Empreende Já"


Mais de 600 jovens "nem-nem" podem receber 700 euros por mês para se lançarem nos negócios
Programa do Instituto Português do Desporto e da Juventude dá a oportunidade a 630 jovens, entre os 18 e os 29 anos, que não trabalham nem estudam, para apresentarem uma ideia de negócio.

Dos cerca de 300 mil jovens em Portugal que não trabalham nem estudam, conhecidos como “nem-nem”, 630 terão a oportunidade de receber uma bolsa de 700 euros por mês, durante seis meses, para entrarem no mundo do empreendedorismo.
O prorama "Empreende Já", desenvolvido pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude, já tem as inscrições abertas, para a primeira fase, que duram até ao próximo dia 6 de Março. Este ano serão 315 os jovens seleccionados, e em 2018 será aberto o mesmo número de vagas. No máximo, poderão ser apresentadas mil candidaturas. Assim, todos os jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 29 anos, que contem com a escolaridade obrigatória, podem concorrer ao programa que tem uma dotação de cinco milhões de euros.
Os seleccionados terão seis meses para desenvolver uma ideia de negócio e um projecto de empreendedorismo, utilizando os 700 euros mensais e ficando habilitados a transformarem a teoria em prática com apoio a fundo perdido.
Segundo o site da iniciativa, neste momento, já foram efectuados 1184 registos, tendo sido seleccionadas 69 candidaturas. Ou seja, ainda sobram 931 inscrições por preencher.
Fonte: Jornal Publico de 12-2.17


sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Programa de Bolsas Alpbach


O Programa de Bolsas Alpbach, promovido pelo European Forum Alpbachcom tem o intuito de fomentar uma perspetiva europeia através da partilha de conhecimento inovador e debates interdisciplinares, tendo como data limite de candidatura o dia 31 de março de 2017.

Os bolseiros serão convidados a participar nos eventos do European Forum Alpbach 2017, podendo ainda candidatar-se a cursos de verão e a programas de formação para desenvolvimento profissional.
Informação adicional pode ser obtida em https://www.alpbach.org/en/scholarships/ ou através das hiperligações seguintes: Video | Tweet |Facebook | Flyer.

Mais se informa que European Forum Alpbach 2017 terá como tema central “Conflict & Cooperation” e que o programa respetivo pode desde já ser consultado em .https://www.alpbach.org/

Consultar o documento, AQUI

Portaria n.º 62/2017 e Retificação

 - PORTARIA nº 62/2017 - Diário da República n.º 29/2017, Série I de 2017-02-09 
Finanças e Trabalho, Solidariedade e Segurança Social
Portaria que atualiza os montantes do abono de família para crianças e jovens, do abono de família pré-natal, e respetivas majorações, e do subsídio de funeral.
ACEDER AQUI

 - DECLARAÇÃO de RETIFICAÇÃO nº 3/2017 - Diário da República n.º 39/2017, Série I de 2017-02-23
Trabalho, Solidariedade e Segurança Social 
Retificação da Portaria n.º 62/2017, de 9 de fevereiro.
ACEDER AQUI

Trabalho de e por projeto


https://webinars.dge.mec.pt/




Na escola, multiplicam-se as referências a «projetos de trabalho». No plano das intenções, reconhece-se que esses projetos constituem uma alternativa a práticas pedagógicas mais rotineiras, permitindo a mobilização dos saberes em situações de aprendizagem significativas. 

No entanto, na prática, o trabalho por projeto continua a ser realizado de forma pouco sistemática, afirmando-se frequentemente que os alunos são pouco autónomos, mesmo quando se trabalham de temas pensados em função dos seus interesses.
Neste contexto, importa refletir sobre a natureza das dinâmicas de trabalho desenvolvidas e sobre o grau de implicação dos alunos nessas mesmas dinâmicas, destacando:
- a necessidade de experimentar percursos de aprendizagem que visem a produção e a socialização de obras culturais;
- a importância de assegurar a instituição de uma efetiva conduta de projeto, perspetivando os alunos enquanto autores e não apenas enquanto executores de propostas que, no essencial, não foram por eles pensadas;
- o papel fundamental da avaliação cooperada dos percursos de trabalho e das aprendizagens.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Conclusões do Seminário: Alargamento da Escolaridade Obrigatória: contextos e desafios

seminário Alargamento da Escolaridade Obrigatória: contextos e desafios teve como objetivo identificar e refletir sobre as várias dimensões da escolaridade obrigatória e assinalar problemas e desafios, nomeadamente:
  • Equidade e sucesso e inclusão de crianças e jovens com necessidades educativas especiais
  • Mobilização social para o sucesso educativo
  • Diferenciação de percursos e aprendizagens
  • Orientação escolar e profissional/decisão
  • Organização escolar
Consulte aqui a publicação e conclusões que resultaram deste seminário:

Portaria n.º 74/2017

Portaria n.º 74/2017 - Diário da República n.º 38/2017, Série I de 2017-02-22
Finanças 
Define os procedimentos para as despesas referentes à alimentação em refeitório escolar dedutíveis à coleta do IRS.
ACEDER AQUI

VÍTIMA de VIOLÊNCIA ou em crise?


Lisboa já tem um Gabinete de Apoio à Vítima para Juventude LGBTI, gerido pela associação Casa-Qui.
Este gabinete presta apoio especializado a jovens e vítimas de algum tipo de violência ou dificuldade relacionada com a orientação sexual, identidade e/ou expressão de género.

8º CONGRESSO NACIONAL de MEDICINA DO ADOLESCENTE

Resumo: Violência no quotidiano do adolescente; Violência no seio da família; Cyberbullying e adolescentes: da problemática à prevenção; Outras formas de violência na Sociedade; Violência nos Serviços de Saúde; Formas silenciosas de violência dos cuidadores; A Visão dos adolescentes; Proteger e apoiar o adolescente vítima de violência
Workshop pré-congresso: «Ferramentas para promoção da resiliência na adolescência»

Organização: Sociedade Portuguesa de Medicina do Adolescente da SPP
INSCRIÇÕES http://asic.pt/index.php/formularios/8-cong-spma

PROGRAMA PROVISSÓRIO http://www.asic.pt/

Informações: congressos@asic.pt | 239 482 000
...

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Simon Sinek - a Geração Y no local de trabalho



Simon Sinek - Millennials in the Workplace

A GERAÇÃO Ytambém conhecida por MILLENNIALS no mundo do trabalho
(legendas em português)

Workshop "Empregabilidade Jovem"


REGIÃO AUTÓNOMA da MADEIRA
A Associação de Estudantes do ISAL, em parceria com a Direção Regional da Juventude e Desporto e o Polo de Emprego da AEISAL, vem por este meio convidar para o Workshop de Empregabilidade Jovem que se realizará no dia 6 de março, pelas 19h, no Auditório do ISAL, na Rua do Comboio, n.º 5 - Funchal A entrada é LIVRE.
O evento contará com a presença do Dr. Sérgio Silvestre do Instituto de Emprego da Madeira, do Dr. Carlos Lopes da Startup Madeira e ainda do Dr. Alexandre Mendes do projeto Skills Lab, de Braga. 

No decorrer do workshop será possível esclarecer todas as dúvidas relativas aos apoios existentes para a criação do próprio emprego, de ideias de negócio e ainda poderá ver casos de sucesso de empresas regionais.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

LIVRO: Educación emocional en la infancia


Autora y dirección pedagógica. Cristina García Pedagoga, educadora y terapeuta. Especialista en infancia, orientación familiar y educación emocional.Dedicada a orientar a padres desde el momento del embarazo para que guíen desde el amor y no desde el miedo. 

Desde hace tiempo se sabe que la educación emocional puede ayudar con múltiples aspectos como la frustración, la baja autoestima, conflictos familiares, desmotivación e incluso el bulling. Cada vez está más presente,  pero aún falta para que esté en todos los colegios como materia transversal. 
Por eso en Edúkame han creado y puesto a disposición de todo el mundo un eBook gratuito de 44 páginas para maestros y maestras. El contenido del libro es el siguiente:

Fundamentos:
·                     Qué saber 
·                     Emociones y sentimientos
·                     Las emociones en la infancia
·                     Expertos en comunicación no verbal
·                     Características de las emociones infantiles
·                     ¿Cómo expresan sus emociones los niños
·                     ¿Existen emociones buenas o malas?
·                      Aceptar y potenciar la otra polaridad
Pongámoslo en práctica:
·                     Recursos para la educación emociona
·                     Educación emocional en casa y en el aula
·                     Educar las emociones en edades tempranas 
·                     ¿En qué beneficia?
·                     ¿Por dónde empezamos? 
·                     Identificar y reconocer
·                     Vocabulario emocional y expresiones corporales
·                     Reconocer las emociones de los demás
·                     Aceptar, validar
·                     Normalizar las emociones
Lo puedes descargar  haciend click aqui , totalmente gratis.